Notas Avulsas

sábado, setembro 16, 2006

Valedictorium para o C Bechstein, Modell M, número de série 139497

a tua voz não é
nem nunca será
a tua voz
sem a tua voz.

sereias, sirenas:
umas menos outras mais
serenas.

quero perder meu barco,
meu braço,
romper navegação
na aproximação
daquilo que há de você
porventura de mim
em qualquer longitude

onde cantaria a sereia,
a sirene, solene,
em seu lamento
pela âncora
que acabo de jogar.

2 Comments:

  • Onde estará o seu,o meu,o nosso porto seguro,meu querido amigo? Onde encontrarei o abrigo para a tempestade que se avizinha?Qual será o meu refúgio quando me lançar ao mar?
    Beijo,Beatriz.

    By Anonymous Beatriz, at 16/9/06 17:15  

  • Não sei, Beatriz. Eu apenas jogo e recolho âncoras. É apenas essa a minha função social.

    By Blogger cjb, at 16/9/06 17:25  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home