Notas Avulsas

segunda-feira, abril 23, 2007

Operation Hurricane Embromation

Deu agora n'O Grobo:

BRASÍLIA - Foi solto nesta madrugada em Brasília o juiz Ernesto Dória, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Campinas, o último magistrado preso na Operação Furacão que ainda permanecia detido. Ele conseguiu um habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça.

O juiz Ernesto Doria tinha sido preso em flagrante por porte ilegal de arma e por isso era o único magistrado acusado pela Operação Furacão que continuava detido. Dória deixou a carceragem da Polícia Federal em Brasília às 2h da manhã. O advogado de Dória, Leonardo Marinho, entrou com um pedido de liberdade provisória no Superior Tribunal de Justiça no domingo à tarde. O alvará de soltura foi concedido no início da noite pelo vice-presidente do tribunal, Franciso Pessanha Martins.

Segundo a polícia, Ernesto Dória recebia uma mesada da organização em troca de liminares favoráveis a donos de bingos e caça-níqueis e foi denunciado por corrupção ao Supremo Tribunal Federal junto a outros dois juízes, a um procurador e ao ministro Paulo Medina do Superior Tribunal de Justiça.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home