Notas Avulsas

sexta-feira, julho 28, 2006



A Jogada, Certo Dia

Chegando, arrastando os pés.

Assim cheguei.

A chuteira, novinha em folha, apertava no pé.

Doía.

E eu não tinha tempo pra amaciar.

A beira do campo desatei os nós e resolvi jogar descalço.

Nada de novo na minha posição, meio líbero lá atrás pela esquerda,

Balançando pra direita quando vinha o ataque de lá

E no primeiro confronto com o Alemão,

Eu marcando fora de posição, não que importe,

O Alemão olhou pro chão pra tomar a medida do movimento

E viu meu pé descalço e no momento que quis dividir, recuou.

** **

Anos depois, no mesmo jogo, recebi a bola na linha de fundo

O mundo desacelerou e eu passei pelo último Fullback

Num drible que até hoje não entendi, pelo canto e entrando para o centro

Para o meu amigo Walter Mamolitti, milanês porém juventino,

Concluir para a rede.

** **

Hoje o Walter trabalha pela British Airways. Estará casado com filhos. Deve morar num subúrbio de Milão. E eu, ainda solteiro, velho demais para qualquer jogada em campo, continuo quem eu sempre era: um toque quando ninguém esperava, descalço para o pavor dos Alemães.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home