Notas Avulsas

terça-feira, janeiro 02, 2007

Olha, noves fora, estou nem um pouco empertigado com o meio pelo qual Saddam Hussein chegou ao fim de sua miserável vida. Bem feito. E poderia até ter sido muito pior.

O cara passou a vida inteira matando gente -- humm, vejamos, esses com gás, esses à bala, esses na sacanagem dos nossos estaleiros de morte aqui mesmo em Bagdá, à mão, no torniquete, na sangria, na sacanagem pura, estrangulando e depois mandando recados à família...

Saddam era um monstro. Bem feito que ele tenha morrido em câmera lenta com neguinho sacaneando ele ainda no final.

Em que pese, pra ele, foi mesmo misericórdia.

3 Comments:

  • Saddam enforcado?

    Mais um acerto errado ou um erro acertado do american way de ver o mundo. Americano? Melhor dizer anglo-saxão.

    Já foi tarde, poderia ter morrido há vinte anos, pelo menos. Ou logo que os fios de seu bigode despontaram.
    Um assassino patológico, a cuja sanha não escaparam sequer os parentes e os maridos de suas filhas.

    Que arda nos mármores do inferno.

    Mas, infelizmente, continuará muito vivo no Iraque & adjacências.

    By Blogger Emerson, at 2/1/07 05:29  

  • Oi ball...
    oi emerson
    oi todos...

    Po copmeçar 2007 com morte de saddan é ruin...começa com algo bem bonito...que tal?

    By Blogger Iara Alencar, at 2/1/07 06:38  

  • Sorry, Emerson, mas o "método" americano teria sido (1) impor a pena de morte e (2) executá-la dentro de 5 ou 10 anos.

    A velocidade com a qual a sentença foi imposta e executada indica, perversamente, o grau de autonomia dos mandantes iraquianos, como quem diz "vamos fazer disso um momento exemplar, às vésperas do Eid, para que todos saibam que quem manda nessa espelunca somos nós...

    By Blogger cjb, at 2/1/07 11:39  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home